acidente de viação em Inhambane 26 mortos registado

Escrever à mão direita é um exercício normal, mas não para Ancha Tajú que nasceu canhota, mas quis o destino que, aos 42 anos de idade, ela aprendesse a escrever à mão direita.

Tudo começa depois de ela ter sido vítima de um acidente de viação, do qual não se lembra, pois diz que apenas despertou quando estava no hospital onde descobriu que o seu braço esquerdo se partira.

Partira-se o braço esquerdo, por sinal, o que usava para todas as suas actividades. Aí começou o drama da Ancha Taju. Ela teve de ser submetida a uma cirurgia de recuperação, em que colocaram

Deixe uma resposta