Comiche lamenta actuação dos agentes da Polícia Municipal

O Presidente do Município de Maputo, Eneas Comiche, lamenta a actuação dos agentes da Polícia Municipal, que espancou um cidadão e diz que medidas estão a ser tomadas contra os agentes envolvidos.

Eneas Comiche acompanhou o vídeo em que agentes da Polícia Municipal aparecem a agredirem um cidadão indefeso, na via pública e diz que a corporação não foi preparada para agredir cidadãos, mas sim para protegê-los.

Nós assumimos que esse comportamento não é aquele que nós desejamos. A Polícia Municipal está para servir, garantindo o cumprimento das posturas municipais, mas não da forma como isso aconteceu, numa circunstância daquelas em que, naturalmente, teria sido mais fácil a neutralização daquele cidadão com algemas e condução para o local, onde fosse necessário, para esclarecer a situação.

Feroza Zacarias, da Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados de Moçambique, diz que a Polícia tinha espaço para dialogar ou sancionar a vítima e não agredi-la, como aconteceu.

Já veio a Polícia falar de medidas que foram tomadas, além do pedido de perdão que é de enaltecer, era importante que os agentes que cometeram essa violação, fossem eles a darem a cara, para pedir esse perdão e que medidas disciplinares, assim como criminais, fossem tomadas. E olhando para a publicitação desse caso, era importante que a Polícia procurasse essa garantia, esse alento para a sociedade de que, efectivamente, aquilo que o comandante veio dizer que fez, foi feito de verdade”.

 

Deixe uma resposta