Detido suposto “vandalizador” de jazigos no cemitério de Lhanguene

Após ouvir reclamações sobre o roubo de bens e vandalização de jazigos nos cemitérios de Lhanguene e de São Francisco Xavier, na cidade de Maputo, o Serviço de Investigação Criminal fez-se ao terreno e diz que surpreendeu o jovem na imagem na posse de 15 quilogramas de chumbo, nesta quarta-feira

O acusado, de 24 anos de idade, residente no bairro Luís Cabral, diz que vendia o material roubado para uma sucataria.

Deixe uma resposta