Governo sob pressão devido ao desemprego em Moçambique

A situação de desemprego agravou-se com intimidações ilegais em Cabo Delgado e com cataclismos característicos, segundo o Ministério do Trabalho e Segurança Social. Margarida Talapa falava ontem no encontro dos Ministérios do Emprego e Trabalho da SADC. São 3.000.000 de novas vagas para diminuir a quantidade de jovens desempregados no país. A ministra do Trabalho e da Segurança Social, Margarida Talapa, disse, esta sexta-feira, em Maputo, que a circunstância já está a fixar o Governo.

O desemprego juvenil no planeta e em torno de lá, especificamente, coloca nossas administrações sob sólido fator de pressão. A bitola do desenvolvimento do fragmento da população financeiramente dinâmica, envolvendo jovens, nos próximos anos, pode enfrentar uma bomba adiada diferida, em o evento de que está além do reino da imaginação esperar o avanço de um desenvolvimento monetário inexoravelmente abrangente.

A Talapa preocupou-se ainda com a questão das obrigações e responsabilidades do Governo para com a juventude, para procurar o Programa Quinquenal do Governo que, conforme apontado pelo pioneiro, incorpora a formação de cerca de 3.000.000 de cargos, como um dos seus destinos. A formação do Secretaria da Juventude e Emprego, enquanto órgão exclusivamente vocacionado para a promoção do trabalho.

Deixe uma resposta